Imagine que você obteve uma boa pontuação no TOEFL, mas a qualidade do seu texto em inglês é desproporcional às suas ambições. Você quer ir para Yale ou Harvard, mas seu inglês está longe do nível de Harvard ou Yale. Agora imagine que nós – Applicant Adviser – te ajudamos a ser admitido pela universidade desejada. O que acontecerá quando chegar a hora de entregar trabalhos escritos… em Harvard? Você ficará constrangido com o seu inglês? O que os professores dirão? Você sequer será aprovado na disciplina?

Caso fôssemos em frente e apresentássemos você como um candidato do nível de Harvard, estaríamos fazendo um desserviço para você e Harvard. Se editarmos sua aplicação de modo que o texto não corresponda razoavelmente às suas capacidades, nós estaríamos ajudando você a conquistar uma vaga que deveria ter sido concedida a outra pessoa – e colocando você em um caminho de insegurança e mal-estar.
Seu inglês não precisa ser perfeito para você aplicar para uma graduação em Direito em Harvard ou um MBA em Columbia. Ele só precisa ser muito bom.

Considere investir no seu inglês. Faça um curso de idioma no Canadá, faça amizade com um estrangeiro que esteja de passagem pela sua faculdade ou através de grupos no Facebook, e se comprometa a fazer um intercâmbio linguístico semanal (muitos casais são formados assim, sabia?). Você também pode fazer voluntariado ou até mesmo trabalhar em um país cujo idioma seja o inglês. E o mais importante: leia, escreva, e peça para um falante nativo corrigir seus textos.

O termo “falante nativo” não é relativo. Nós aqui do Applicant Adviser moramos na América Latina e sabemos o quão devastadora a má qualidade do inglês de “falantes quase nativos” pode ser. Para garantir, fique com os verdadeiramente nativos quando você precisa entender ou escrever documentos.

Nosso comprometimento com um trabalho ético significa que, se necessário, te encorajaremos a aplicar para universidades mais adequadas às suas capacidades idiomáticas. A tomada desse passo relativamente drástico dependerá do contexto: o programa ao qual você está se candidatando, sua trajetória, seus pontos fortes, além de outros fatores.

O ponto central é que o seu inglês importa – invista nele!

Também disponível em: enEnglish esEspañol